Análise de solo caseira



Porque fazemos análise de solo?


Um dos principais pontos, é que o resultado de uma análise representa as características do seu tipo de solo. Uma boa produção está associada ao bom manejo, na qual estão incluídas as análises química e física.


➔ Análise química

É essencial para saber sobre a fertilidade do solo, na qual é feita a determinação dos teores de nutrientes, influenciando na sua disponibilidade para a planta. Alguns dos principais parâmetros analisados são:

● acidez

● pH

● Alumínio

● Matéria orgânica do solo (MO)

● Fósforo disponível (P), Fósforo remanescente (P-rem), Potássio disponível (K)

● Cálcio (Ca) e Magnésio (Mg)

● Enxofre (S)

● Micronutrientes


➔ Análise física:

É verificada a porcentagem de argila e areia de cada parte da área analisada. Importante no manejo de nutrientes, no uso de defensivos agrícolas e principalmente para dimensionamento de um sistema de irrigação. Dessa forma, somos capazes de saber os nutrientes disponíveis ou alguma deficiência no solo e dimensionar o fertilizante caso necessário.

É importante frisar que tais análises podem ajudar a melhorar o desempenho da planta, e principalmente assegurar os nutrientes específicos do seu perfil de exigência, aplicando-os em uma quantidade adequada (sem excessos ou em pouca quantidade) e no momento certo.


Mas como posso fazer essas análise?


O primeiro passo é procurar um profissional capacitado, ele será capaz de orientar sobre o tipo de análise a ser realizado, como será realizado e onde também. Além disso, será capaz de orientar sobre os resultados obtidos do laboratório no dimensionamento de fertilizantes ou algo relacionado.


Mas posso fazer um teste caseiro?


A resposta é sim, mas lembrando que são para áreas de plantações pequenas, como hortas caseiras plantadas em pequenos vasos ou canteiros.


Vamos realizar um teste prático? Será necessário:


Copo de vidro 250ml;

Água oxigenada 100ml;

Uma pá.


Passo a passo:

1° Passo:

Pegue um pouco de terra do local que você está com dúvidas e coloque dentro do copo, de maneira que forre o fundo do copo.


2°Passo:

Jogue água oxigenada de maneira que cubra a quantidade de terra do copo;


3°Passo

Após aproximadamente 1 minuto, já é possível analisar o resultado.


O que aconteceu? Por que espumou?


Podemos perceber a existência de microorganismos no solo por meio deste teste. Os solos onde encontramos muitos organismos foram aqueles que mais ferveram ao colocar água oxigenada. Isto porque a enzima da catalase presente na matéria orgânica funciona como catalisador na reação de decomposição da água oxigenada aumentando a sua velocidade, e isto é visível pela efervescência que se produz. Por base, todos os solos vão efervescer, uns mais outros menos, assim indicando a quantidade de microrganismos presentes no solo de maneira indireta.


No nosso perfil do Instagram (@agrijunior) tem um vídeo mostrando todo o procedimento para realizar o teste caseiro. Confira lá para ver o nosso resultado!


Quer saber um pouco mais sobre a análise de solo? Gostaria de contratar este serviço para a sua propriedade? Entre em contato conosco! A Agrijúnior pode te ajudar a fazer uma análise completa do solo da sua lavoura!


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo